Moda Consciente

4 marcas slow fashion para conhecer

por  | 

Várias características nos atrai em marcas consideradas slow fashion. Além da autenticidade das peças, a quantidade produzida é menor, a qualidade é fiscalizada de perto e a consequência disso é uma produção mais humanizada. Nós valorizamos esse tipo de iniciativa e fica melhor ainda quando as marcas em questão são criadas pertinho da gente.

Trouxemos 4 marcas slow fashion sustentáveis que conhecemos e aprovamos pelo seu design único, produção diferenciada e pelo algo a mais que cada uma carrega em sua essência.

 J541A

Ainda sobre produções sustentáveis, a J541A já apareceu por aqui. O Jaison, estilista criador da marca, nos presenteou com uma entrevista sobre sua criação (veja aqui) e nos contou como iniciou seu projeto incluindo peças fabricadas com restos de tecidos. Além disso, a J541A é conhecida pelos seus modelos considerados unissex, quebrando as diferenças de gênero quanto às vestimentas.

Carô Handmade Hats

Nós conhecemos o trabalho da Carô através da loja Sta Maria Casa, localizada no Mercado São Jorge, em Florianópolis. Uma das primeiras coisas que nos chamou a atenção foram os modelos lindos e diferenciados de chapéus feitos sob medida. Olhando mais a fundo, nos deparamos com uma produção que, além de valorizar a matéria-prima brasileira (renda de bilro e palha artesanal produzida na comunidade de Cerro Azul), ainda oferece opções sustentáveis para reformar chapéus antigos. Iniciativas como essa não podem ficar de fora do MQR.

Mudha

Falar sobre a Mudha nos remete à moda ecológica. Com matérias-primas orgânicas, a marca slow fashion vem crescendo, aliando design com uma produção sustentável. Suas peças variam dos tecidos mais nobres, como seda e linho orgânico aos mais casuais como jeans reciclado e poliéster provenientes de garrafas PET. O resultado são peças de alta qualidade, únicas e sustentáveis.

Vert Shoes

A Vert Shoes trabalha com materiais orgânicos, produzindo tênis com design próprio e eco friendly. Seus produtos são produzidos no Brasil, tendo um cuidado ao conhecer sua cadeia de fornecedores, pensando desde a extração de matéria-prima até as fábricas e os indivíduos que nela fabricam seus produtos.

Alguns dos nossos destaques:

Avalie o nosso texto
[Total: 4 Média: 5]

Comente esse post!

Formada em história, psicologia, especialista em gestão de negócios e acredita na moda como uma forma de linguagem!