Truques / Dicas

5 motivos pra aderir à bicicleta no dia-a-dia

por  | 

Ao contrário do que muitos pensam, é a bicicleta o veículo mais utilizado no mundo. Inventada no século XIX, o meio de transporte permanece firme e forte com cada vez mais adeptos a utilizando não só para recreação. Não é surpresa os benefícios em aderir à bicicleta e deixar os outros meios de locomoção de lado um pouco, porém, nunca é demais lembrar e quem sabe dar um ânimo para começar a usá-la.

Para isso separamos 5 benefícios no uso da bicicleta – mas saiba que há muitos outros que não entraram na listinha.

1- Pedalar faz bem à saúde

Pedalar por 30 minutos diariamente diminui pela metade o risco de desenvolver diabetes e obesidade. Além disso, diminui a pressão arterial, reduz o colesterol e melhora a circulação sanguínea. Ela é ótima também para quem deve evitar atividades físicas que causam impacto nas articulações, pois como pedalamos sentados, o peso do corpo é distribuído uniformemente, não sobrecarregando nenhuma articulação.

2- Relaxa e evita depressão

Como toda atividade física, andar de bicicleta estimula a liberação de endorfina e serotonina, ou seja, os hormônios da felicidade. Além disso, é comprovado que diminui o risco de depressão ao mesmo tempo que aumenta a qualidade de vida.

3- Fortalece o corpo

Pedalar exige que grandes músculos sejam trabalhados, fortalecendo fisicamente o corpo. Além de tonificá-lo, o exercício fortalece também o sistema imunológico.

4- Promove um estilo de vida saudável

Experimente fazer compras de bicicleta. Comprar flores. Visitar amigos. Ir trabalhar. Além de diminuir os custos com locomoção, isso lhe causará uma sensação de liberdade com a facilidade e simplicidade envolvidas no ato de pedalar para chegar ao seu destino. Aproveite o tempo com amigos e família e descubra lugares novos, explore a natureza e perceba os benefícios.

5- A bicicleta não emite gases tóxicos ao meio ambiente

Ela não polui o meio ambiente!

Avalie o nosso texto
[Total: 2 Média: 4]

Comente esse post!

Formada em história, psicologia, especialista em gestão de negócios e acredita na moda como uma forma de linguagem!