Looks para malhar: dicas de como sair da mesmice

por  | 

Se no nosso dia-a-dia com frequência nos deparamos com dificuldades em montar uma nova combinação, o mesmo acontece com quem tem a academia como parte de sua rotina. As peças são mais limitadas, claro, já que o conforto e a adequação à atividade faz delas ideais ou não, porém não é preciso entrar no automático e cair na mesmice. Falar é mais fácil que fazer, nós sabemos, mas calma que se é falta de inspiração que te trava, resolveremos esse problema.

O público que opta por uma vida mais saudável tem aumentado e a indústria de moda fitness vem se ajustando às novas exigências deste nicho. Como resultado, temos uma variedade de opções ao nosso dispor. Desde estampas, texturas e até peças diferenciadas que saem do lugar comum sem deixar de serem próprias para a academia. Os bodys são provas disso. Eles adentraram no mundo fitness recentemente e são capazes de montar um visual marcante para a academia, para a praia e também para o dia-a-dia. Quer peça mais versátil que ele?

O ambiente esportivo não é imune às tendências. Mesmo que muitas vezes você não perceba, de uma forma muitas vezes sutil, elas marcam presença. Exemplos? As estampas geométricas passaram a colorir muitas produções destinadas ao esporte. Assim como itens repaginados lá dos anos 90, como o short-saia e o macacão ampliaram nossas opções.

Inspire-se com os looks para malhar que separamos.

Rachel Brathen /Instagram

Climas mais quentes pedem por roupas frescas, então vale apostar no short, top e macaquinho. Em contrapartida, dias frios nos permitem ousar com macacões, polainas, leggings, etc. O ideal é que a sua escolha transmita seu humor, afinal, sabemos como esse equilíbrio é importante e nos faz bem. De quebra, pode nos dar aquele incentivo de que tanto precisamos de vez em quando para malhar e deixar a preguiça de lado.

Dica: Fique atenta ao tecido da peça. Escolha SEMPRE tecidos que respiram, pois isso é fundamental na prática de esportes.

Nossos achados:

Avalie o nosso texto
[Total: 7 Média: 5]

Comente esse post!

Formada em história, psicologia, especialista em gestão de negócios e acredita na moda como uma forma de linguagem!